terça-feira, 12 de julho de 2011

Como se acalmar?

Provas de auto-escola, palestras, seminários, a primeira conversa com a "mina" dos seus sonhos, casamento... Enfim, são muitas as ocasiões que nos tiram realmente do sério e nos deixam nervosos. A nossa respiração se intensifica, começamos a suar frio, ficamos ansiosos e nervosos e tudo isso influencia em nossa postura, em nossas atitudes.

O que fazer para manter a calma, o que fazer para controlar o nervosismo numa ocasião crítica? Dando uma olhada no que rola na internet sobre isso, você pode:


1) Molhar os pulsos em água corrente (por a mão debaixo da torneira)

Isso combina 3 fatores importantes:
1- Barulho de água acalma.
2- Molhar o pulso dá uma esfriada imediata no sangue.
3- O ato de tomar essa medida desvia tua atenção da situação estressante!

2)Parar contar até 3 vezes , respirar fundo e prender a respiração depois ir soltando paulatinamente até que seu corpo esmoreça como se estivesse vazio. Verá que a calma se instalará

3) Tome chá de erva-doce, de erva cidreira, de camomila, suco de maracujá, maracujina.

4) Morda o travesseiro e grite o máximo que puder. Ou então bata no travesseiro.

Realmente, a forma mais clássica que encontrei é respirar fundo e contar de 1 até 10. Na verdade, para quem não percebe, contar nada mais é do que ocupar a sua mente com outra atividade. Você se concentra numa atividade única, de modo a desocupar a sua mente e se esquecer por alguns instantes daquilo que te deixa nervoso.

Uma aplicação disso também é a famosa contagem de carneiros para poder dormir. Ora, por que contar carneiros ajuda dormir? Resposta: você desvia a sua mente para uma atividade monótona e repetitiva que o faz cansar e dormir.

Portanto, veja que os números 1 e 2 seguem esse princípio. Se distraia com alguma coisa, tente esquecer, por um momento, aquilo que causa nervosismo em você. Respire fundo, conte, se concentre em algo simples e básico. Se estiver na rua, comece a contar quantos carros você vê, se estiver sentado perante uma plateia e estiver a poucos minutos de ser convidado a falar, comece a contar as janelas, conte algo ao redor, tente se distrair por alguns instantes. Daí vem a questão do "quebra-gelo": uma atividade que distrai os participantes antes deles atuarem.

O número 3 já segue outra linha: o uso de certos auxílios, como esses acalmantes (naturais ou sintéticos) que vão atuar diretamente na atividade de seu organismo. Soma-se a isso qualquer auxílio externo: uma música, por exemplo. A música interfere diretamente em nossas emoções: pode nos entristecer, nos agitar ou nos acalmar.

Por fim, o número 4, talvez mais prático, segue a linha da descarga: o nervosismo é um acúmulo de energia, tão grande que você começa a ter tiques, ou então esfregar uma mão contra a outra, ou então andar de um lado para o outro. Na hora do nervosismo, da ansiedade ou da raiva, nós acumulamos muita energia e ela fica retraída, como se estivéssemos a prendendo. Não é assim que nós nos sentimos? Portanto, simplesmente a liberte. O travesseiro é realmente ótimo para isso. Você já deve ter visto em filmes que o criminoso, ao efetuar um assassinato, usa o travesseiro para diminuir o volume de um tiro. Ora, se o travesseiro diminuiu o volume de um tiro, então com certeza mai absorver um grito, por exemplo. Extravase, grite, corra e você se sentirá aliviado.

Logo, em geral, você pode seguir 3 linhas de métodos para se acalmar: distraia a sua mente, use algum auxílio ou então descarregue todas as suas energias que você está prendendo. Não interessa quem fale com você, não interessa em quais sites você vai procurar. Todas as alternativas para tentar se acalmar se baseiam em um desses 3 tipos de controle que acabei de dizer, seja diretamente como indiretamente.

Óbvio que você vai empregar cada um dependendo da situação. Se você estiver na sala de aula, fazendo uma prova, claro que você vai tentar, por um momento, distrair a sua mente, respirando fundo e contando de 1 a dez. Se você estiver em casa, será melhor fazer um chá e deitar um pouco ao invés de ficar contando de 1 até dez.

E você? Como se acalma? Tem alguma ideia? Faça um comentário e compartilhe conosco!

Um comentário:

Anônimo disse...

realmente é muito bom se aclamar, estava precisando, haha muito legal as dicas...