segunda-feira, 25 de julho de 2011

"Por meio" ou "através"? Qual a diferença?

E então? Qual a diferença entre o uso dos termos "por meio" e "através"?

Se você acha que é tudo igual, lamento: está enganado.

O termo "através" tem a ideia de movimento (físico), enquanto o termo "por meio" tem a ideia de instrumento. Meio complicado? Vejamos os exemplos:

O carro de Zucrinilda foi correndo através da rua e, do nada, caiu na lixeira  
(ideia de deslocamento, movimento)

Como ela fez isso?


Acroveraldo venderá seu carro por meio da publicidade
(ideia de ferramenta) 

Hum... Será que anda ainda?

Para mais postagens como essa, visite:


imagens retiradas respectivamente de:
motorpasion.com.br
humoradois.wordpress.com


segunda-feira, 18 de julho de 2011

Se não ou senão? Quando usar?

Quando usar "senão" e "se não"? O pequeno detalhe de escrever junto ou separado enrola muita gente, então vamos ver logo a diferença entre o uso de cada termo.

Se não = "caso não", "quando não"
Senão = "caso contrário", "a não ser", "porém", "do contrário"

Vejamos alguns exemplos:

Se não usar o telefone fixo, não vai conseguir falar conosco 
(Caso não use o telefone fixo, não vai conseguir falar conosco)



Acheropito precisa trocar o air bag do carro, senão não terá segurança 
(Acheropito precisa trocar o air bag do carro, caso contrário não terá segurança) 

Moderno air bag após o veículo ser submetido ao
Brega-Brega Serviços Automotivos LTDA


Portanto, veja que "se não" tem um aspecto mais condicional. Por isso, o "se" é separado do "não". É uma condicional "negativa". A positiva seria "se usar o telefone fixo, vai conseguir falar conosco". Portanto, a condicional negativa é separado (se não usar o telefone fixo, não vai conseguir falar conosco). O uso do telefone é uma condição para que a comunicação possa se realizar (por isso chamamos de condição ou condicional).

Já o "senão" não apresenta uma condição, mas sim está mais ligado à ideia de consequência (faça isso, senão acontecerá aquilo). Portanto, temos:

Se não fizer isso, acontecerá aquilo (condicional) = acontecerá aquilo se não fizer isso.
Faça isso, senão acontecerá aquilo (consequência)

Leia mais postagens sobre gramática no blog do gramaticando:


Verbatin!

Imagens extraídas respectivamente de:
mais.uol.com.br
twittercomhumor.com

domingo, 17 de julho de 2011

O que alguns gestos significam?

Você já reparou quantos gestos as pessoas fazem? Involuntariamente eles podem dizer o que você está pensando

É claro que muitos gestos podem não querer dizer absolutamente nada. Mas muitos podem ser assimilados às relações que o corpo tem com a mente. Segue abaixo alguns gestos com seus respectivos significados.

Gesto: permanentemente com as mãos nos quadris
Significado: agressão

Gesto: caminhar excessivamente com a coluna ereta
Significado: otimismo, confiança

Gesto: braços cruzados no peito
Significado: defensiva

Gesto: mãos voltadas para trás
Significado: apreensão, frustação, raiva

Gesto: mãos nas bochechas
Significado: avaliação, pensando

Gesto: tocar, esfregar ligeiramente o nariz
Significado: rejeição de dúvida

Gesto: esfregar os olhos
Significado: dúvida

Gesto: chefe descansando as mãos
Significado: tédio, enfado, zanga, cansaço

Gesto: esfregar as mãos
Significado: antecipação

Gesto: sentar com as mãos voltadas para trás da cabeça, cruzar as pernas
Significado: confiança, superioridade

Gesto: abrir as mãos
Significado: inocência, sinceridade

Gesto: esfregar a ponta do nariz de olhos fechados
Significado: avaliação negativa

Gesto: tocar a ponta dos dedos
Significado: impaciência

Gesto: estalar os dedos
Significado: autenticidade

Gesto: cabeça se inclina rapidamente
Significado: interesse

Gesto: olhando para baixo
Significado: incredulidade, difícil de acreditar

Gesto: roer unhas
Significado: insegurança, nervosismo

Gesto: mexer no queixo
Significado: tentando fazer uma decisão

Via: http://www.vidauniversitaria.com.br

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Advérbio (definição)

Olá povo,

No blog do Gramaticando, nós estudamos os verbos e agora vamos começar a falar dos advérbios. O que vem a ser um advérbio? Vejamos o exemplo a seguir:

Fredericano come ração. 

Fredericano e seu colar cervical da
Brega-Brega Práticos  Equipamentos Veterinários LTDA.


Agora, veja esses exemplos:

Fredericano come ração rapidamente
Fredericano come ração na cozinha.
Fredericano comeu ração ontem
Fredericano comeu muita ração. 
Fredericano comeu rapidamente muita ração na cozinha ontem

Perceba que nesses exemplos nós estamos detalhando a forma em que a ação verbal ocorre: definindo o modo (rápido, devagar, melhor, pior...), o lugar (na cozinha, no quarto, em Tangamandápio, em Pato Branco), o tempo (ontem, hoje, amanhã), intensidade (pouco, muito, bastante...) e por aí vai. Essas palavras são os advérbios. São palavras invariáveis que indicam as circunstâncias da ação verbal. 

Alguns se flexionam (variam) em grau (pouco-pouquíssimo, perto-pertinho,...), aumentando ou diminuindo a intensidade, além do grau comparativo de superioridade (bem-melhor, mal-pior). 

Porém, o mais importante é saber a classificação dos advérbios, ou seja: saber o que eles exprimem. Saber se eles dão a ideia de modo, tempo, lugar, afirmação, negação, dúvida e por aí vai. Na próxima postagem, vou publicar uma lista da classificação dos advérbios para você ter uma ideia. 

Na Análise Sintática, o termo que tem valor de advérbio se chama "adjunto adverbial".  

Verbatin!


Visite o blog do Gramaticando:


imagem extraída de:
lolcos.wordpress.com 

terça-feira, 12 de julho de 2011

Como se acalmar?

Provas de auto-escola, palestras, seminários, a primeira conversa com a "mina" dos seus sonhos, casamento... Enfim, são muitas as ocasiões que nos tiram realmente do sério e nos deixam nervosos. A nossa respiração se intensifica, começamos a suar frio, ficamos ansiosos e nervosos e tudo isso influencia em nossa postura, em nossas atitudes.

O que fazer para manter a calma, o que fazer para controlar o nervosismo numa ocasião crítica? Dando uma olhada no que rola na internet sobre isso, você pode:


1) Molhar os pulsos em água corrente (por a mão debaixo da torneira)

Isso combina 3 fatores importantes:
1- Barulho de água acalma.
2- Molhar o pulso dá uma esfriada imediata no sangue.
3- O ato de tomar essa medida desvia tua atenção da situação estressante!

2)Parar contar até 3 vezes , respirar fundo e prender a respiração depois ir soltando paulatinamente até que seu corpo esmoreça como se estivesse vazio. Verá que a calma se instalará

3) Tome chá de erva-doce, de erva cidreira, de camomila, suco de maracujá, maracujina.

4) Morda o travesseiro e grite o máximo que puder. Ou então bata no travesseiro.

Realmente, a forma mais clássica que encontrei é respirar fundo e contar de 1 até 10. Na verdade, para quem não percebe, contar nada mais é do que ocupar a sua mente com outra atividade. Você se concentra numa atividade única, de modo a desocupar a sua mente e se esquecer por alguns instantes daquilo que te deixa nervoso.

Uma aplicação disso também é a famosa contagem de carneiros para poder dormir. Ora, por que contar carneiros ajuda dormir? Resposta: você desvia a sua mente para uma atividade monótona e repetitiva que o faz cansar e dormir.

Portanto, veja que os números 1 e 2 seguem esse princípio. Se distraia com alguma coisa, tente esquecer, por um momento, aquilo que causa nervosismo em você. Respire fundo, conte, se concentre em algo simples e básico. Se estiver na rua, comece a contar quantos carros você vê, se estiver sentado perante uma plateia e estiver a poucos minutos de ser convidado a falar, comece a contar as janelas, conte algo ao redor, tente se distrair por alguns instantes. Daí vem a questão do "quebra-gelo": uma atividade que distrai os participantes antes deles atuarem.

O número 3 já segue outra linha: o uso de certos auxílios, como esses acalmantes (naturais ou sintéticos) que vão atuar diretamente na atividade de seu organismo. Soma-se a isso qualquer auxílio externo: uma música, por exemplo. A música interfere diretamente em nossas emoções: pode nos entristecer, nos agitar ou nos acalmar.

Por fim, o número 4, talvez mais prático, segue a linha da descarga: o nervosismo é um acúmulo de energia, tão grande que você começa a ter tiques, ou então esfregar uma mão contra a outra, ou então andar de um lado para o outro. Na hora do nervosismo, da ansiedade ou da raiva, nós acumulamos muita energia e ela fica retraída, como se estivéssemos a prendendo. Não é assim que nós nos sentimos? Portanto, simplesmente a liberte. O travesseiro é realmente ótimo para isso. Você já deve ter visto em filmes que o criminoso, ao efetuar um assassinato, usa o travesseiro para diminuir o volume de um tiro. Ora, se o travesseiro diminuiu o volume de um tiro, então com certeza mai absorver um grito, por exemplo. Extravase, grite, corra e você se sentirá aliviado.

Logo, em geral, você pode seguir 3 linhas de métodos para se acalmar: distraia a sua mente, use algum auxílio ou então descarregue todas as suas energias que você está prendendo. Não interessa quem fale com você, não interessa em quais sites você vai procurar. Todas as alternativas para tentar se acalmar se baseiam em um desses 3 tipos de controle que acabei de dizer, seja diretamente como indiretamente.

Óbvio que você vai empregar cada um dependendo da situação. Se você estiver na sala de aula, fazendo uma prova, claro que você vai tentar, por um momento, distrair a sua mente, respirando fundo e contando de 1 a dez. Se você estiver em casa, será melhor fazer um chá e deitar um pouco ao invés de ficar contando de 1 até dez.

E você? Como se acalma? Tem alguma ideia? Faça um comentário e compartilhe conosco!

sábado, 2 de julho de 2011

O significado dos Rabiscos

Se você é um daqueles que fica rabiscando a agenda ao falar no telefone, experimente prestar mais a atenção nos rabiscos que você faz. Os desenhos podem expressar alguma característica de sua personalidade.


Espirais
Quem fica desenhando espirais não gosta de ficar sozinho. Desenhos assim são feitos, geralmente, por pessoas que gostam de se destacar no grupo.

Flores
Se você, vira e mexe, desenha flores, então isso significa que você é uma pessoa sensível. 

Setas 
Desenhar setas significa ter alguma idéia fixa. Se elas apontarem para baixo ou para esquerda, elas falam de alguma coisa que já passou. Se elas apontarem para a direita, indicam algo futuro. Se as setas apontarem para cima, você deve estar entediado(a).

Olhos
Você é uma pessoa curiosa ou esta procurando alguma solução para algum problema. O sentido do olhar também é importante para a esquerda, indica algo no passado; para a direita, mira o futuro. 

Círculos 
O habito de desenhar círculos indica que você é uma pessoa que se completa, mas gosta de passar bastante tempo com as pessoas. No entanto, se são vários círculos que se sobrepõem, você gosta de ficar na sua. 

Caras e Bocas 
Tudo indica que se sinta bem ajustado(a) ao seu mundo. As expressões dessas figuras que surgem do nada também revelam como você esta se sentindo. Portanto, se você está contente acaba desenhando pessoas alegres (e vice-versa)

Nomes 
Se você não para de escrever seu próprio nome, pode ser um jeito inconsciente de demonstrar que está triste ou está se sentido rejeitado pelos outros. Mas pode significar também que você anda muito preocupado consigo mesmo.

Cubos
Desenhar cubos revela uma pessoa que nada tem de preguiçoso. Pelo contrario, você é criativo, motivado e gosta de pôr a mão na massa e de participar. Desenhar um cubo dentro do outro demonstra frustração com alguma coisa ou alguém.

Estrelas
Rabiscar estrelas é um sinal de ambição, de que você tem objetivos bem definidos na sua cabeça. Se as estrelas forem simétricas, você sabe analisar as situações, é curioso e seguro. Já as estrelas disformes, assimétricas, indicam que você tem muita energia mas não sabe bem como usá-la.

Casas
Desenhar casas significa estar se sentindo bem no lugar onde se vive.
Uma casa aponta para uma sensação de conforto, paz com a família, mesmo que algumas brigas com os irmãos pareçam dizer o contrario. Mas se a casa não tiver janelas nem portas, isso pode indicar uma sensação de pouco espaço.

Linhas
Linhas retas são feitas por quem é entusiasmado, tem objetivo e vai direto ao ponto. Linhas em ziguezague ou que se cruzam varias vezes indicam que alguma coisa mexeu muito com você, mas sua opção é não pôr o dedo na ferida. 

Ondas 
Você esta pronto para mergulhar em alguma coisa nova, que pode mudar a sua vida. Ondas lembram movimento, expectativa de uma oportunidade especial ou desejo de cair fora, rapidinho.

Via: http://idiass.blogspot.com