quinta-feira, 2 de junho de 2011

Denotação ou Conotação

Olá povo,

As pessoas, devido a sua imensa e gigantesca criatividade, mudam o significado real das palavras. Nem tudo é o que realmente está no dicionário. Chamar uma pessoa de baleia significa chamá-la de gorda, mesmo que baleia, no dicionário, signifique mamífero (não é peixe, meu povo!!!)



Como as palavras mudam de sentido, alguém teve a brilhante ideia de inventar nomes para indicar quando o significado é o real (o que consta no dicionário) e quando é figurado (é usado como metáfora, por exemplo).

Quando a palavra guarda seu sentido original, nós estamos falando de DENOTAÇÃO (ou aspecto denotativo, ou característica denotativa, enfim... qualquer coisa + denotativo). Quando as palavras não significam o que realmente eram para significar, então se trata de CONOTAÇÃO.

O arquiteto Jurandimar é desprovido de inteligência (DENOTAÇÃO)

O arquiteto Jurandimar é uma porta (CONOTAÇÃO)




Veja que, ao dizermos que "fulano é uma porta", estamos dizendo que fulano é "burro, desprovido de inteligência" e não necessariamente uma porta de madeira. Portanto, é um termo com característica conotativa. 

DENOTATIVO: SENTIDO REAL ("D" DE DICIONÁRIO)

CONOTATIVO: SENTIDO FIGURADO 

Aprenda gramática de forma descontraída através do Gramaticando. 


Verbatin!

Crédito das imagens (na ordem em que foram apresentadas)
na imagem
revoltasdejorgecoutinho.blogspot.com


As explicações nas postagens possuem, de forma estratégica, caráter informal e coloquial para preservar o conceito autor-leitor, que faz parte do modelo expressivo cultivado pelo blog. Leve em consideração o conteúdo da postagem e não a forma em que ela será apresentada.