domingo, 21 de março de 2010

Regra do uso do "s", do "ç", do "ss"....

Como se escreve: sumisso, sumiço ou somisso? Está na dúvida também? Bom, saiba que sua dúvida é normal, pois existem toneladas de regras para o uso do “s”, do “ç”, do “ss”, do “z”...

O certo é “sumiço”, com “ç”. Para tirar as dúvidas de uma vez por todas, aí vão algumas explicações:

1) Quando usar “ç”?

Em palavras terminadas em TO, TOR, TIVO, após ditongo (com som de “s”) e derivados da palavra TER.

Exemplos:

Canto => Canção (terminado em TO)
Infrator => Infração (terminado em TOR)
Intuitivo => Intuição (terminado em TIVO)
Reter => Retenção (derivados da palavra TER)
Eleição (som de “s” após ditongo)

2) Quando usar “s”?

Em derivados de verbos terminados em NDER, NDIR, ERTER, ERTIR, PELIR, CORRER, em palavras terminadas em ASE, ESE, ISE, OSE (exceções: deslize, gaze), em palavras terminadas em OSO, OSA (exceção: gozo) e em substantivos femininos terminados em ISA.
Exemplos:

Pretensão => vem de “pretender” (terminado em NDER)
Expansão => vem de “expandir” (terminado em NDIR)
Inversão => vem de “inverter” (terminado em ERTER)
Diversão => vem de “divertir” (terminado em ERTIR)
Expulsão => vem de “expelir” (terminado em PELIR)
Concurso => vem de “concorrer” (terminado em CORRER)
Frase => terminada em ASE
Tese => terminada em ESE
Crise => terminada em ISE
Osmose => terminada em OSE
Horroroso => terminado em OSO
Gostosa => terminado em OSA
Profetisa => substantivo feminino terminado em ISA.

3) Derivações

3.1) Quando utilizar o sufixo INHO, usa-se “s” se a palavra de origem tiver “s”. Se não tiver, se usa “z”.

Exemplos:

Casa => Casinha (com “s” pois a palavra de origem tem “s”)
Pão => Pãozinho (com “z” pois a palavra de origem não tem “s”).

3.2) O mesmo ocorre para ISAR ou IZAR.

Exemplos:

Improvisar => com “s” pois vem de “improviso”, que é escrito com “s”.
Aterrorizar => com “z” pois vem de “terror”, que não é escrito com “s”.

3.3) As palavras derivadas do verbo CEDER serão escritas com CESS.

Exemplos:

Conceder => Concessão
Exceder => Excesso

3.4) As palavras derivadas de verbos terminados em PRIMIR serão escritas com PRES.

Exemplos:

Imprimir => Impressão
Deprimir => Depressão

3.5) As palavras derivadas de verbos terminados em GREDIR serão escritas com MISS ou MESS.

Exemplos:

Comprometer => compromisso
Prometer => promessa

4) Quando usar o “j”?

4.1) Em conjugação dos verbos terminados em JAR.

Exemplos:

Que eles viajem => viajar
Que a bicicleta não enferruje => enferrujar

4.2) Palavras derivadas de palavras terminadas em JA:

Lojista => loja
Canjica => canja

5) Quando usar o “g”?

5.1) Em palavras terminadas em ÁGIO, ÉGIO, ÍGIO, ÓGIO, ÚGIO

Exemplos: pedágio, prestígio, relógio
5.2) Em substantivos terminados em GEM:

Exemplos: a viagem, a ferrugem.


Referências: blog “Fala Bonito”

Um comentário:

Anônimo disse...