segunda-feira, 8 de março de 2010

Primeira Guerra Mundial (parte 1)

Descomplicando a Primeira Guerra Mundial (parte 1)



Hoje nós vamos ver as causas da Primeira Guerra mundial (claro: do jeito mais "descomplicado" possível). Concentre-se e leia com calma que você vai entender tudo.

Por que aconteceu?



1) Desentendimento da partilha da África e da Ásia

Lá em 1870, a Europa “tava podendo”: os países mais importantes e mais fortes do mundo eram os europeus. Eles estavam se achando tão fortes que resolveram dominar os mais fraquinhos. Para eles, eles eram os países mais civilizados do mundo e deveriam civilizar os mais pobres, dominando os mais pobres.
Assim sendo, pegaram a África e a Ásia e começaram a repartir os territórios entre eles, criando colônias.

Ou seja: o país recebia uma porção de terra, criava uma colônia e podia aproveitar ao máximo suas riquezas.

Porém, essa divisão começou a ficar meio injusta e a partilha das terras da África e da Ásia começou a gerar desentendimentos entre os países europeus. A Inglaterra e a França pegaram as melhores terras, tanto em riqueza como em extensão, enquanto a Alemanha e a Itália pegaram as piores.

Portanto, a rivalidade entre os grandes países da Europa já havia começado, eles já começaram a se “estranhar”.

2) Concorrência

Para aumentar a rivalidade entre os países poderosos da Europa, a concorrência econômica entre eles começou a aumentar cada vez mais: todos buscavam matérias-primas e mercados consumidores (ou seja, todos buscavam recursos para criar seus produtos e buscavam regiões para comprar seus produtos).

Começaram a se “estranhar” ainda mais...

Portanto, pode ver, caro leitor, o que está acontecendo: os países da Europa são países fortes e um está querendo ser maior e melhor do que o outro. No que isso pode terminar?

3) Corrida armamentista

Para se mostrar que é melhor do que o outro, os países europeus começaram a se armar, começaram a investir em armamento: um queria ser mais forte e mais potente do que o outro. O que acontecia era o seguinte: O país X começou a se armar para se mostrar mais forte. O país Y começou a ficar com medo e começou a investir em armamento. O país Z viu o X e o Y se armando e resolveu se armar também.

Onde isso vai parar?

4) Questão nacionalista

Além de tudo isso, já havia uma certa rivalidade determinada por outros acontecimentos. Por exemplo, a região conhecida como Alsácia-Lorena era da França, mas foi parar nas mãos da Alemanha numa guerra anterior. Portanto, a França odiava a Alemanha e queria recuperar a Alsácia-Lorena na primeira oportunidade.

Portanto, o que temos aqui? Vários países europeus, fortes, bem armados e “brigados”, um não gostando muito do outro e um querendo ser melhor do que o outro. Só falta a gota d’agua, só falta um motivo para fazer eles brigarem, para fazer eles quererem destruir seus rivais.

Na próxima postagem você vai saber qual foi a gota d’agua



Nenhum comentário: