sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Como estudar bem (passo 1: circunstâncias gerais)

Você precisa criar um método de estudo mais favorável a você. Talvez você aprenda melhor fazendo resumos de história, ou então lendo o livro de geografia e destacando as partes importantes, ou então explicando com suas próprias palavras e em voz alta sobre o que aprendeu do assunto.

Você reage de um modo diferente a cada estilo de estudo. É sua função descobrir o método de estudo mais produtivo para você. Não existe uma forma certa de estudo, mas sim existe a forma de estudar que você mais se adapta.

De modo geral, para início de conversa, você precisa atentar ao ambiente de estudo e demais circunstâncias.

1ª) Horário

Você não vai deixar para estudar depois do almoço, não? Aí vem batendo aquela preguiça e aquele soninho, aquela vontade de puxar o ronco...
No geral, você precisa marcar o melhor horário para seu estudo: tem que ser um horário que você não tem outros compromissos, um horário em que não será incomodado por alguém, um horário que você não sinta sono ou cansaço, uma hora que poderá ficar sozinho no quarto ou na sala em paz para poder se concentrar.


Tem gente que gosta de estudar logo pela manhã, assim que acordar. Ou então estudar logo antes de dormir: só para fechar o livro e cair na cama. Tem gente que gosta da madrugada silenciosa... Ou seja: cada tipo de pessoa tem o melhor horário: você tem que identificar o melhor horário para você.

2ª) O ambiente

Você tem que estar em paz, concentrado. O melhor é ficar num local fechado: assim, você não vai se distrair quando alguém transitar pela casa.

 Tem uma coisa incrível: quando nos sentamos para estudar, é muito fácil nos distrairmos. Basta alguém fazer algum movimento próximo, basta ouvir algum ruído e nós nos distraímos, o que é contrário quando nós fazemos algo que gostamos muito, como computador e TV.


3ª) Conforto na medida certa


Você tem que garantir seu conforto, porém na medida certa: não adianta ficar deitado na cama e tentar ler mais um capítulo de história. Quando ver, você estará dormindo e babando em cima do livro.

Por outro lado, não adianta ficar numa posição desconfortável para evitar a sonolência. Em pouco tempo, você ficará com dores nas costas e isso, além de ser ruim para sua saúde, vai deixar o estudo mais chato e cansativo.

O ideal é sentar numa cadeira e pôr o material didático em cima da mesa, com uma boa iluminação e uma boa ventilação.

4ª) Assassine o relógio!

Se você for estudar uma matéria da qual não gosta, esconda o relógio: senão você vai ficar olhando para ele e vai ver que a hora vai parar. Quando pensar que já se passaram vinte minutos, terá ainda passado uns cinco. O tempo passa mais “devagar” quando estamos fazendo algo chato, que não gostamos.

Portanto, guarde o relógio e deixa o estudo fluir, sem a preocupação com o horário.


5ª) Cuidado com as tentações!

Não adianta marcar um horário X e ir para frente da TV “10 minutos para X”. Aí começa a dar um programa ou um filme legal. Você resolve mudar de ideia: “vou estudar às X e meia”. Aí começa a dar uma série legalzinha na TV e você diz: “vou estudar às Y horas”. Aí vem uma propaganda dizendo que às Y horas vai dar um programa muito legal, então você diz: “pensando bem, vou estudar às Z horas”.

Quando ver, você não estudou nada e estará cansado de ver tanta TV. Portanto, evite “tentações”. Quando for chegando perto da hora, fique um tempo sem fazer nada: sente um pouco no lado de fora, respira um pouco de ar puro e se espreguiça, descansando para o estudo. Não invente moda de ir no computador, de assistir TV ou jogar um “play”. Antes de estudar, não faça nada: você vai sentir vontade de fazer alguma coisa e vai querer estudar logo (pelo menos na teoria).

6ª) Fones de ouvido?

De acordo com pesquisas, não é recomendável ficar ouvindo música. Eles por acaso fizeram alguma pesquisa com você?

Você pode estudar da maneira que quiser, desde que seja produtivo, desde que dê resultados, desde que não seja perda de tempo. No meu caso, eu gosto muito de ouvir música ao estudar. Porém, tenho minhas restrições:

1) eu só escuto músicas gravadas e que eu sei a letra. Se eu ficar escutando uma rádio, quando o locutor começar a falar eu vou me distrair para dar atenção a ele ou se tocar uma música desconhecida eu vou me distrair também. Portanto, só músicas mais do que conhecidas e que eu gosto.

2) somente para matérias exatas. Só escuto música para fazer meus cálculos, pois assim eu me animo, me empolgo e faço os exercícios. Se eu escutar música lendo algum texto das humanas, não vou entender nada.

Entendeu agora? Você pode escutar música desde que seja favorável a você. Eu comecei a escutar músicas ao estudar e aprendi a forma com que reajo à elas, reconhecendo as restrições e seguindo-as rigorosamente,

Assim, o estudo fica mais agradável e mais produtivo.

7ª) Como estudar matérias exatas e humanas?

A resposta virá nas PRÓXIMAS postagens!






Um comentário:

Christian disse...

brother! isso ae muito show...
abração