quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

E agora? Fazer barraco?




Na vida, todos nós temos um dia "daqueles": alguém ou algo nos irrita e temos vontade de "fazer o barraco", "rodar a baina", xingar tudo e todos, seja lá como for. Claro que cada um reage de sua forma nessas situações: tem aqueles que exageram, tem aqueles que evitam se expressar e guardam tudo para si...

Veja agora quatro maneiras básicas para evitar o "barraco":



1.Caminhe: Uma vez eu estava passando de carro numa avenida e estava frio e chovendo, até que eu vi um cara passeando com seu “totó”. Na chuva? No frio? Passear com o cachorro? Um motivo aparente seria ter caçado briga com a “patroa” em casa ou com alguém, mas até que daria certo: afinal de contas, caminhar faz você espairecer. Se estiver chovendo, melhor ainda. Leve um cachorrinho para te acompanhar e para te distrair. Num momento de estresse, a vontade que dá é sair correndo até cansar, mas geralmente nunca fazemos isso. Portanto, fazer um passeio é uma boa.

2. Desconecte-se desse mundo: Se você não achou legal a ideia da caminhada, que tal viajar para outro mundo? Essa é uma ferramenta que eu gosto muito: se distraia, escutando uma música, veja um filme, leia um livro, leia o VinicBlog... Ocupe sua mente com outras coisas. Tenha certeza de que funciona! Logo, estará melhor.

3. Cala a boca!: Pode parecer um “xingão”, uma ofensa, mas por gentileza, de forma “educada” eu peço: CALA A BOCA! Quando se sentir irritado e querer “rodar a baiana”, “fazer o barraco”, “botar fogo na palha” ou seja lá o que for, evite falar, pois é nesses momentos que a gente costuma falar coisas sem pensar, ou seja, besteiras. Assim, nós estaremos incomodando aqueles que estiverem ao nosso redor, talvez até os que não têm nada a ver com a história e irritando-os, caçando mais briga e confusão.

4. Bota pra quebrar!!: Se você tentou caminhar e não deu certo, tentou se distrair com outra coisa mas não funcionou, tentou fechar a matraca e saiu falando besteiras por aí e continua com a raiva circulando pelas artérias e está perdendo o controle, você precisa descarregar essa coisa toda em ALGO, e não em alguém. Por favor! Não vai bater em alguém, não piore sua situação! Descarregue sua raiva socando um travesseiro, mas não invente de bater numa pessoa ou no seu bichinho doméstico. O travesseiro é ótimo para isso.



Depois que passar toda a raiva, toda a irritação e se acalmar por completo, então você terá condições de pensar no assunto e analisá-lo. Quem está errado? De quem é a culpa? Quem errou? O que fazer?

Se necessário, peça desculpas. Quando nós pedimos desculpas para alguém, nós nos sentimos melhor. E também perdoe, libere perdão: pode parecer um absurdo, mas você se sente bem, você se livra de um fardo. Pense nessas questões!

Nenhum comentário: