quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Chega de dúvidas em português! (Haverão? Houveram? Houve?...)

VERBO HAVER

 HAVER=EXISTIR

1) Quando o verbo haver tiver o mesmo significado de existir, teremos os seguintes casos:

1.1) FUTURO

Para o futuro (fato que vai acontecer), nós usaremos HAVERÁ. E ponto final! Só vamos usar HAVERÁ, independente se vier uma palavra no plural depois, porque não existe haverão!

Exemplos:

HAVERÁ reunião amanhã.
HAVERÁ reuniões amanhã.
Daqui a dois meses, HAVERÁ várias formaturas na universidade.

1.2) PRESENTE

Para o presente (fato que está acontecendo nesse momento), nós usaremos HÁ. E deu! Nada mais. Só se usa HÁ!

Exemplos:

trinta lugares nessa sala.
cem lugares nessas salas.
duzendo carros nas garagens desse prédio.

1.3) PASSADO

Para o pretérito perfeito (fato que começou no passado e acabou no passado), usaremos HOUVE. E deu! Não interessa se vem plural depois ou não! NÃO EXISTE "HOUVERAM".

Exemplos:

Houve tempos em que a chuva era mais intensa nessa região
Houve alunos que não fizeram o trabalho.

ERRADO:

Houveram tempos...
Houveram alunos...

Bem, no geral foi isso. Alguma dúvida até aqui? Veremos os casos mais especiais agora:

2) Observações especias que geram dúvidas frequentes.

2.1) FUTURO COMPOSTO

Quando nós queremos nos referir ao futuro, nós usamos um verbo (como foi explicado, nós usamos HAVERÁ e ponto final) ou usamos o futuro composto, onde há a combinação de dois verbos. Nesse caso, todo verbo que acompanha o HAVER não será flexionado (ou seja, não sofrerá alterações de tempo e pessoa)

Exemplo:

HAVERÁ muitos alunos em recuperação nesse bimestre ...OU
DEVE HAVER muitos alunos em recuperação nesse bimestre.

Perceba o seguinte:

Na segunda construção, apesar de vir plural, o verbo que acompanha o HAVER não se modifica. Fica DEVE, mesmo se vem plural ou não. Será sempre assim!

Se não entendeu nada, veja os exemplos para entender:

CERTO: DEVE HAVER aulas amanhã
ERRADO: DEVEM HAVER aulas amanhã.

Agora você entendeu? Não interessa se vem plural (aulas) depois: você usa sempre a mesma forma: DEVE HAVER.

2.2) Diferença de "a" para "há"

"Há" expressa tempo decorrido.

Exemplo:

Há cinco anos, eu caí da moto
Há uma década, eu me casei.


"A" expressa tempo FUTURO

Daqui a cinco anos, eu vou terminar a faculdade.
Daqui a uma década, vou vender minha casa de praia.


PORTANTO, não confunda:

ERRADO: A cinco anos, vendi minha casa de praia
CERTO: Há cinco anos, vendi minha casa de praia.

ERRADO: Daqui há três dias, vou viajar para Paris
CERTO: Daqui a três dias, vou viajar para Paris.



Se dessa vez você não entendeu, ou tem alguma dúvida específica, faça um comentário que eu respondo. Eu sempre leio os comentários de vocês. Afinal, eu escrevi toda essa postagem por causa de 1 comentário. E se for necessário escrever mais uma, eu escrevo. Por favor, comentem.


IR PARA MENU DE ASSUNTOS DE GRAMÁTICA

COMENTAR ESSA POSTAGEM

23 comentários:

Patrícia disse...

Obrigada! Adorei a explicação e vai me ajudar muito!

Anônimo disse...

Está super bem explicado! Aliás, a primeira postagem já estava ótima. Parabéns e obrigada!

Anônimo disse...

Aprendi muito! vcs são ótimos!!

Vinic disse...

Eu agradeço aos comentários de vocês. Vocês me motivam (e muito) a continuar a blogar.

Pretendo, em breve, publicar aqui uma série sobre análise sintática.

Continuem comentando, fazendo críticas e sugestões. Assim, faremos um trabalho em conjunto, enriquecendo ainda mais o blog. Muito obrigado.

Anônimo disse...

Olá, sobre seu comentário é errado a construção da frase: Diante do acontecido, todos houveram por bem participar da campanha de doação.

Anônimo disse...

Excelente. Obrigado.

Jonata disse...

Não há mais como ter dúvidas.valeu!!!

elis disse...

Você tirou todas as minhas dúvidas sobre o verbo haver, muito obrigada!! bjs...

Anônimo disse...

Excelente cara.

Anônimo disse...

Olá,continuo com dúvidas.Gostaria de saber se há algum caso onde se use HAVERÃO. Se existe a conjugação do verbo haver no futuro do presente:

eu haverei

tu haverás

ele haverá

nós haveremos

vós havereis

eles haverão

Desculpe a dificuldade no entendimento da questão

Vinic disse...

Sim, existe sim. O verbo "haver" funcionando como auxiliar. Veja:

"Eles hão de estudar" ou "eles haverão de estudar".

Ela haverá de amar Ciclano

Nós haveremos de aprender Português

Sol Santos disse...

Vinic, entendi sua explicação, mas fiquei curiosa,afinal, nunca usamos o verbo haver no plural?

Vinic disse...

Usamos o verbo haver no plural quando ele funciona como auxiliar.

Ex:

"Eles haverão de estudar" ou "eles hão de estudar"

Porém, o uso do "haverão", nesse contexto, está "em extinção": ninguém usa. Quando usam, usam de modo errado (no sentido de existir)

Anônimo disse...

Olá desde já peço desculpas por minha ignorância,gostaria de saber por que existe a conjugação do verbo haver, no caso houveram e haverão, mas não podem ser usados nas frases? E o que quer dizer verbo auxiliar? Muito obrigada!

Vinic Half disse...

A sua dúvida é bem importante e tentarei esclarecê-la. Caso não fique claro, você pode me informar pelos comentários que eu tentarei outro jeito de explicar.

Não existe "haverão" e "houveram" quando o verbo "haver" tem o mesmo sentido de "existir". Quando isso acontece, o verbo é impessoal e, portanto, não tem variações no plural.

Ressaltando: não existe "haverão" e "houveram" quando o verbo "haver" estiver significando "existir".

Agora vamos falar a respeito de verbo auxiliar. Veja essa construção:

"Ele há de passar na prova".

Temos dois verbos aí: "há" e "passar". Porém, o "passar" é o verbo principal. Já o "há" funciona como um mero verbo auxiliar, porque o verbo principal (que mais resume o significado da oração) é o "passar".

Ninguém mais usa o verbo auxiliar "haver" como no exemplo. O normal é dizer "ele certamente irá passar na prova" ao invés de "ele há de passar na prova". É uma construção bem antiga.

Espero ter ajudado.

Um abraço e obrigado por compartilhar a sua dúvida.

mancord disse...

Ótima explicação, muito clara e direta.Porém ficou a dúvida : Muitos hâo de entrar.Existe essa flexão?

Vinic Half disse...

Sim, o verbo "haver" se flexiona corretamente em "muitos hão de entrar", já que o verbo não tem o sentido de "existir".

Lalo Greiner disse...

Eu tenho o seguinte texto em espanhol que eu quero traduzir para o português:

"Hay otros que comprenden cuánto han errado "

Eu tendería a fazer a tradução desse jeito:

"Há outros que compreendem o quanto hão errado."

ou

"Há outros que compreendem o quanto tem errado."

O significado é equivalente (mas não literariamente correto) a:

"Há outros que compreendem o quanto erraram."

Eu desejo que a tradução seja literariamente correta.


Muito obrigado!

Vinic Half disse...

Lalo, eu sinceramente não entendo muito de espanhol. O que eu sei é o que eu li a respeito por curiosidade, mas é algo superficial.

Ao meu ver, o mais correto seria:

"Há outros que compreendem o quanto têm errado".

O "han" é conjugação do presente do subjuntivo. Logo, acredito que "o quanto têm errado" se aproxima mais da ideia do texto.

Eu não tenho certeza e, por isso, me desculpe por não poder responder plenamente a sua pergunta. Eu prefiro ser sincero ao invés de dar uma resposta errada e enganá-lo.

Lalo Greiner disse...

Muito obrigado!

A opção que eu acabei usando foi essa que vc mesmo indicou:

"Há outros que compreendem o quanto têm errado".

Eu fiz a pergunta intentando encontrar uma relação entre "han" e "hão", porém sem usar "hão" como quando vc diz, em português, "hão de partir amanhã", mas no sentido de "eles têm partido", porque em español vc pode dizer, e diz, "ellos han partido". Eu conferí isso numa página de conjugação do verbo haver e fiquei muito curioso de saber se, realmente, a forma do presente do indicativo para a terceira pessoa do plural do verbo haver pode ser utilizada como em espanhol mesmo se não for habitual! É, além da tradução, que já fiz, uma curiosidade intelectual!

Fiz a pesquisa aquí: http://www.conjuga-me.net/verbo-haver

Muito obrigado novamente! :)

Vinic Half disse...

Ok, um abraço

Anônimo disse...

Gostei muito da explicação, porém, tenho ainda uma dúvida, se existe, e existe a conjugação com houveram, quando devo usá-la?

Peter Ensi disse...

Olha, o "haver" é impessoal no sentido de "existir". Para os demais significados isso não ocorre.

O verbo "haver" pode significar, por exemplo, "decidir" ou "resolver". Ex:

Eles houveram por bem de não viajarem amanhã.