domingo, 1 de novembro de 2009

Haver, haverão, haverá, haverão... hahahaha...

Você sabe a diferença entre: haver, haverão, haverá... ? Se você está confuso, pesquisou em um monte de sites e não chegou a lugar nenhum, você está no lugar certo! O VB vai explicar e você pode comentar, se tiver alguma dúvida ou se quiser fazer alguma crítica.
O verbo "haver" tem suas regrinhas para complicar nossa vida. Vamos a mais importante: é onde o povo confunde mais. Se concentre na leitura que você vai entender. Então vamos lá, chega de blábláblá:
###"Haver" como sinônimo de "existir" é IMPESSOAL e infecta o vizinho!!!! Veja, pois é muito comum errarmos nisso:

CERTO: Hoje, deve haver atrasos no metrô.
ERRADO: Hoje, devem haver atrasos no metrô.

Percebem que eu posso trocar o "haver" por "existir". Se eu trocar, qualquer ser humano que sabe ler português vai entender que os trens vão se atrasar, ok?

Quando isso ocorre, o verbo "haver" é impessoal, não varia!!! (pela madrugada, não existe "haverão"!!). Uma vez impessoal, sempre "haver"!!

Quando esse camarada se torna impessoal, ele infecta o vizinho também!!! Portanto, o verbo que estiver ao lado também se torna impessoal, não varia!!! Por isso, escrevemos "deve" e não "devem".

O mesmo ocorre com o verbo fazer!!

Faz quarenta dias (não é "fazem quarenta dias")
Faz oito horas, faz nove trilhões de segundos, faz um segundo...
Preste atenção nessas construções:

- Deve haver reunião na segunda-feira
- Deve haver reuniões na segunda-feira

- Haverão reuniões na segunda-feira - ESTÁ ERRADO
- Devem haver reuniões na segunda-feira - ESTÁ ERRADO


- Haverá reunião na segunda-feira
- Haverá reuniões na segunda-feira

Como podem perceber, é sempre "há", tanto para singular como para plural.

Bem, espero que tenha conseguido entender. Você, que gostou da postagem, pode comentar. Se não gostou, comente também: vocês não sabem o quão importante são as críticas de vocês. O VinicBlog tem diversas postagens, inclusive sobre gramática e você tem a liberdade de ler.


VinicBlog: feito para você!

- Houve reunião na segunda-feira
- Houve reuniões na segunda-feira
- Houveram reuniões na segunda-feira ERRADO
Não existe "houveram" e "haverão", ok? Existe apenas o "haverá" (futuro), o "há" (presente) e "houve" (passado), não interessa se o que ele se refere é plural ou singular. Mas isso, como já foi dito, quando o verbo "haver" ter o mesmo significado de "existir".


###Haver: tempo decorrido
O "há" pode significar também tempo decorrido:

-Há um ano...
- Há dois dias
- Há três, quatro, cinco...

SE VOCÊ LEU ESSA POSTAGEM E NÃO ENTENDEU NADA, CLIQUE AQUI para ler uma explicação mais atualizada.

11 comentários:

cdf disse...

Que mau explicado, entendi nada. ^^

Vinic disse...

"CDF", muito obrigado pela sua participação. Todo comentário eh bem vindo pois são valiosos para mim.

Vou fazer um desafio para mim mesmo: fazer você entender essa matéria a todo custo. Você aceita? Vou fazer uma postagem sobre isso e você comenta se gostou ou não gostou, ok? Vou me esforçar mesmo, vou pensar em outros métodos.

Mais uma vez, obrigado pela sua participação e esteje certo de que o VB vai se esforçar por você e talvez por muitos que não tenham entendido também.

Porque, no fim das contas, esse blog é para você...

Evaldo disse...

Nossa cara! Esclareceu minhas duvidas em um piscar de olhos. ;D
Como dito, concentração! Leia com calma e se caso não entender leia novamente que tudo vai se encaixar.
Parabéns pelo blog! Já está adc nos meus favoritos.
abç.

Vinic disse...

Obrigado pela participação Evaldo, fico mto alegre por ter esclarecido suas dúvidas.

Fique à vontade para criticar e perguntar: quem faz o blog são os leitores.

Mais uma vez, deixo expresso aqui minha gratidão pela sua participação. Isso nos motiva bastante!

Anthony disse...

Legal, você explicou muito bem, parabéns!

Interessante que você cometeu um erro de ortografia ao digitar a resposta ao "CDF". Hahahaha

Abraços.

Vinic disse...

É verdade, eu errei nos comentários. O mais correto seria:

"Todos os comentários são bem vindos pois são valiosos para mim."

Enfim, é isso que acontece quando escrevo e não reviso o que escrevi. Geralmente, no blog, para considerações paralelas às "postagens" (comentários, entres outros), faço uso da linguagem informal e coloquial, pois isso é um reflexo da minha postura de blogueiro. É falha minha: reconheço. Porém, me esforçarei para evitar esse tipo de problema.

Não sou "expert" em gramática. Sou apenas um blogueiro que faz uma "releitura" nos padrões tradicionais no aspecto pedagógico que envolve o ensino da gramática. É minha proposta, é minha filosofia e vou procurar me aperfeiçoar nisso, pois é o que me realiza.

Obrigado por sua importante observação.

VELLOSO2008 disse...

VINIC:
NÃO SEI SE ESTEJE ESTÁ CERTO NO CONTEXTO. MAS MEU IRMÃO, SERÁ QUE AÍ O CERTO MESMO NÃO É A PALAVRA "ESTEJA".
PODE PEGAR POR AÍ E ME PUXAR AS ORELHAS. POIS, SABENDO DE SUA CAPACIDADE, FICO UM POUCO OU MUITO ATENTO PARA NÃO TER ERROS. TAMBÉM NÃO SOU INFALÍVEL, E A POSSIBILIDADE DE SE ERRAR, SÓ OCORRE QUANDO NÓS ESCREVEMOS MUITO.
SE EU ERREI, ME ENSINE O CERTO QUE FICAREI MUITO GRATO...!
SEM MAIS,
PAULO CESAR VELOSO - VELLOSO2008
"SEU IRMÃO DO CORAÇÃO".

leandro ferreira disse...

poxa cdf,acho melhor você estudar mais.... muito bom vinic !

Anônimo disse...

Obrigado pela ajuda, fiquei ainda mais claro com a explicação, valeu. Gostaria de ver/ler ainda mais explicações para poder dominar na integra a matéria.

Obrigado

Thiago Soares disse...

Então, "eles haviam saído cedo ontem" está errado e o certo seria eles "havia saído"?!

e ainda, "Quando perceberem, já haverão caído na minha armadilha" está errado e o certo seria "já haverá caído" ?!

Peter Ensi disse...

Não, Thiago. O correto é "eles haviam", pois nesse caso o verbo "haver" não tem o mesmo sentido de "existir". Sendo assim, ele não é impessoal, ok?

O segundo exemplo está meio esquisito, mas seguindo o raciocínio o correto é "já haverão caído". Claro que ninguém costuma falar desse jeito porque é feio (é melhor dizer "já terão caído"), mas o verbo "haver" não é impessoal nesse caso e, portanto, será flexionado.