sexta-feira, 2 de maio de 2008

Curiosidades do Vinic (parte 1)

O que acontece quando você ri?
Você com certeza já ouviu aquela piadinha fenomenal e soltou aquela gargalhada estridente. Nesse momento, o ar sai dos pulmões numa velocidade de 100 km/h, seu coração bate mais rápido, sua pupila se dilata e a pressão arterial aumenta (só isso...). As crianças riem, por dia, dez vezes mais que os adultos, que dão em média 20 risadas por dia.

Olhos vermelhos na foto... Um mistério? Ah, você já saiu numa foto com os olhinhos vermelhos, né? Isso acontece quando o flash da máquina fotográfica ilumina o fundo de seu olho, ou seja, a retina. Lá na retina há vasos sangüíneos. Portanto, o flash ilumina a parte interior do olho, mostrando o vermelho dos vasos sangüíneos e dando a impressão que seu olho é igual a de um coelho. Mas às vezes acontece, às vezes não... Isso depende da luminosidade do local. Se tiver muita luz no ambiente, sua pupila se contrai e não permite a chegada da luz do flash até a retina. Mas se for num local pouco iluminado ocorre o inverso, pois a pupila estará mais dilatada. E como se resolve isso? As câmeras modernas possuem um dispositivo que disparam trocentos flashes antes da foto. Esse trocentos flashes contraem a pupila e fazem com que o último flash não chegue à retina.

Dinheirinho sujo!

Numa nota de um real, existem cerca de 247,25 micróbios por centímetro quadrado e 42% deles podem causar inflamações nos ouvidos e intoxicação alimentar (ai...). Especialistas afirmam que é necessário lavar as mãos com sabonete durante um minuto antes de ingerir algum alimento.Em casos especiais chega até 3 minutos (não com água, mas com álcool).

Chocolate faz bem tembém?

O chocolate é fonte de sais minerais, energia e estimula o sistema nervoso e o sistema muscular. Contém substâncias que deixam o camarada calminho: por isso os professores recomendam chocolate pra quem vai fazer o vestibular. Também, o chocolate auxilia no tratamento da pele. Agora não vá comer chocolate no café da manhã, no almoço e na janta, né?

Nenhum comentário: